Veja a ordem dos candidatos na urna eletrônica e leve sua cola

0
6

Veja a ordem da votação dos candidatos na eleição deste ano será diferente, em relação ao pleito de 2014, de acordo com Lei eleitoral.

O primeiro voto não será mais para deputado estadual, como em 2014.

Veja

Veja como aparecerá na urna eletrônica neste domingo, dia 7:

Um deputado federal (quatro dígitos) + confirma

Um deputado estadual (cinco dígitos) + confirma

Dois senadores (três dígitos cada) + confirma

Um governador (dois dígitos) + confirma

Um presidente da República (dois dígitos) + confirma

Nos casos de deputado federal e estadual, se preferir, o eleitor poderá votar na legenda do partido, sem escolher um candidato específico, apertando dois dígitos e depois “confirma”.

Se preferir anular o voto, basta votar em um número inexistente e confirmar.

Para votos em branco, há uma tecla específica na urna eletrônica.

Leva sua cola

Como o eleitor terá digitar números diferentes para 6 candidatos, o ideal para não esquecer, nem errar, é levar “uma cola”, com os números dos escolhidos anotados em um papel.

O eleitor poderá entrar com a cola na sala de votação normalmente.

Caso ocorra algum erro, o eleitor pode apertar a tecla “Corrige” antes de finalizar o processo e digitar o número correto novamente.

O primeiro turno da eleição será neste domingo, dia 7 de outubro.

O segundo turno será no dia 28 de outubro.

No primeiro turno os eleitores vão escolher:

O novo presidente do Brasil, os governadores dos 26 estados e do Distrito Federal, deputados estaduais das Assembleias Legislativas do país e distritais, no caso do Distrito Federal, os deputados federais que irão ocupar as 513 cadeiras da Câmara, em Brasília e dois terços dos 81 senadores que ficarão os próximos oito anos no Senado.

 

A vitória

 

Para o poder executivo – presidente e governador – vence no primeiro turno o candidato que tiver mais da metade dos votos válidos, excluídos brancos e nulos.

Onde o candidato não conseguir mais de 50% dos votos, haverá o segundo turno entre os dois mais votados.

 

TSE