Mostra encerra Programa Agente de Turismo Rural e reúne dezenas de pessoas

0
4
Mostra
Os novos agentes de turismo rural com o gerente regional Márcio Silva e a mobilizadora Terezinha

Mostra encerra Programa Agente de Turismo Rural e reúne dezenas de pessoas. O dia 13 de novembro foi marcado por comemoração em Argirita, cidade da Zona da Mata mineira. No município, foi realizada a Mostra de Turismo Rural Saberes & Sabores entre Serras e Cachoeiras, promovida durante o encerramento do Programa Agente de Turismo Rural.

Mostra

O Programa foi resultado da parceria entre o Sistema Faemg/Senar Minase o Sindicato dos Produtores Rurais de Santo Antônio do Aventureiro, com mobilização de Terezinha Aparecida Garcia do Carmo Rodriguese apoio do Circuito Turístico Serras e Cachoeiras, que abrange as cidades de Além Paraíba, Argirita, Cataguases, Dona Euzébia, Estrela Dalva, Guidoval, Itamarati de Minas, Laranjal, Leopoldina, Miraí, Palma, Pirapetinga, Piraúba, Recreio, Rodeiro, Santo Antônio do Aventureiro, São Sebastião da Vargem Alegre e Volta Grande.

Doze participantes concluíram o Programa, que teve capacitação voltada para as cidades de Argirita, Leopoldina, Santo Antônio do Aventureiro, São Sebastião da Vargem Alegre. Desde o mês de abril, os participantes passaram por formação voltada para as seguintes áreas: Produtos e Serviços Turísticos, Segurança nas Atividades Turísticas, Condução de Turistas, Roteirização Turística, Comercialização de Produtos e Negócios Turísticos.

O evento de encerramento foi idealizado pelos participantes, com acompanhamento da instrutora credenciada pelo Senar Minas e turismóloga, Fernanda Corrêa da Silva, reunindo 115 participantes. Durante a Mostra, os presentes puderam degustar produtos da região, como queijos, doces, bolos etc., além de serem contemplados com sorteios de diversos brindes. Houve, ainda, apresentação de sanfoneiros e de um grupo de serestas.

Agente de Turismo 

Segundo a instrutora, o principal objetivo do Agente de Turismo Rural é colaborar com o desenvolvimento da região. “Ao longo dos módulos, trabalhamos a potencialidade turística da região, valorizando atrativos naturais, culturais, atividades produtivas, fazendas antigas, transformando tudo isso em atrativo turístico, de forma a começar a receber turistas, como nova alternativa de renda para moradores locais. Hoje, apresentamos os quatro roteiros criados e testados durante o Programa.”

O Programa Agente de Turismo Rural é composto por seis módulos, totalizando 224 horas-aula. Entre seus objetivos estão fortalecer o turismo no meio rural, preparar profissionais com visão do negócio turístico, fomentar o negócio turístico e qualificar profissionais para ações integradas de turismo.

Potencial desenvolvido

O gerente regional do Senar Minas em Juiz de Fora, Márcio Luiz Silva, que esteve presente no evento, aponta a importância do Programa Agente de Turismo Rural. “Estou na torcida para que esses agentes de turismo rural elevem a região ao patamar que ela merece, visto que temos tantas riquezas por aqui.”

O prefeito de Argirita e presidente do Circuito Turístico Serras e Cachoeiras, Alex Andrade Anzolin, diz estar muito empolgado. “Sabemos que a qualificação e a capacitação são importantes em qualquer área, mas, em especial, quando se quer empreender no turismo rural. Será por meio desse segmento que vamos romper e fazer a diferença em nossa região, que conta com povo acolhedor, recursos naturais, belas pousadas etc.”

Parcerias

“Só tenho a agradecer a todos os envolvidos, a todas os parceiros; aos prefeitos das quatro cidades representadas; aos produtores rurais, que nos receberam com tanto carinho; à instrutora Fernanda. E digo: acreditem! Porque o caminho das cidades pequenas é o agroturismo”, declara a agente de turismo rural participante do Programa e gestora do Circuito Turístico Serras e Cachoeiras, Ana Maria Garcia Carmo Carminate.

O agente de turismo rural participante do Programa e vice-prefeito de Santo Antônio do Aventureiro, Álvaro Sérgio Zofoli, aponta as potencialidades da região. “Precisamos trabalhar esse potencial. Por isso, o Programa nos encheu de ânimo.”

O também agente de turismo rural participante do Programa e secretário de Esporte, Lazer e Turismo de Leopoldina, Edvaldo Franquido Donato do Vale, aponta a importância do trabalho em parceria. “Muita gente não acredita no turismo, mas vimos que há condições da nossa região alavancar. Vimos isso em nossas visitas, quando tivemos oportunidade de chamar os proprietários rurais para abrirem espaço e crescer junto conosco.”

Estiveram presentes, ainda, na Mostra de Turismo Rural Saberes & Sabores entre Serras e Cachoeiras, o presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Argirita, Sérgio Guedes da Silva; o tesoureiro do Sindicato dos Produtores Rurais de Leopoldina, Odézio Evangelista da Silva; o vice-prefeito de São Sebastião da Vargem Alegre, Didi Almeida; e a secretária municipal de Desenvolvimento de São Sebastião da Vargem Alegre, Ana Luiza Soares Alonso.

Rotas turísticas 

Caminho das Águas, Argirita – Inclui visita a quatro cachoeiras, envoltas em trilhas.

Leopoldina Cultural e Doces de Tebas, Leopoldina– Conta com visitas à Casa de Leitura Lyz Botelho, ao Centro Cultural Mauri de Almeida Pereira, à Praça Félix Martins, à Catedral São Sebastião, à Escola Estadual Botelho Reis, ao Museu Augusto dos Anjos, ao Morro do Cruzeiro, fechando com a visita a Tebas, cidade conhecida pela produção de doces

Culturas e Saberes, Santo Antônio do Aventureiro– Inclui visitas à igreja matriz, ao centro histórico da cidade e ao Capril e Laticínio do Rancho Chaparral.

Rota do Café, São Sebastião da Vargem Alegre – Conta com visitas a prédios históricos, roteiro religioso, visita à propriedade produtora de café e visita à Cachoeira do Rio Preto.

Aline Furtado, de Juiz de Fora