Ministro da Fazenda participa de convenção na Assembleia de Deus

0
95
Henrique Meirelles falou sobre situação econômica e presentes oraram pelo país.

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, foi a Juiz de Fora nesta quinta-feira (24), onde ministrou uma palestra durante uma convenção estadual da igreja evangélica Assembleia de Deus.

Durante o evento, no Centro da cidade, ele falou sobre a política econômica e pediu oração “por causa da resistência que o processo causa em setores que não gostam das medidas” tomadas pelo governo federal. Em seguida, o ministro seguiu para almoço com alguns dos presentes e falou com a imprensa.

“Estamos levando esta mensagem para todos os setores. Inclusive o evangélico, que tem uma postura à favor do trablaho, da seriedade e de todos os seguimentos que têm esta visão. No fundo, o importante é que estamos trabalhando com os valores do brasileiro. O brasileiro trabalha, ganha a vida e é importante que ele veja a visão de controle dos gastos públicos, do melhor funcionamento do estado, do crescimento do país. A nossa ideia é que isso seja conhecido em todos os segmentos do Brasil”, comentou o ministro sobre a participação dele no evento.

Henrique Meirelles chegou à cidade da Zona da Mata por volta das 11h, no aeroporto da Serrinha. Já no local da convenção, começou a discursar por volta das 12h. Na ocasião, ele fez uma comparação de como gerenciar uma casa com as medidas de austeridade necessárias para controlar o déficit do país e destacou que o governo trabalha pelo bem maior.

No discurso, o ministro também comentou sobre as privatizações anunciadas nesta quarta-feira (23) e destacou que elas serão feitas “sem aumentar a dívida pública”.

Ainda segundo ele, toda a economia do país começou a melhorar e o Brasil voltou a criar empregos, sendo 100 mil novos postos nos primeiros sete meses de 2017. “Estamos indo na direção certa. No momento que a casa está em ordem todos têm confiança de investir”, ressaltou.

Com relação à economia na região, Meirelles falou que existe uma avalição e uma demanda. “Sabemos que a economia está sofrendo bastante aqui como em todo o país, mas ouvi que particularmente aqui com a descrição de várias atividades econômicas, seja na indústria, seja no comércio. A ideia toda é como é que vamos dentro deste processo levarmos crescimento às regiões de maneira que isso possa atingir também a população de Juiz de Fora, da região e de todo o país. O que queremos é que a economia toda cresça e gere emprego, renda”, comentou.

Ainda sobre emprego, Meirelles acrescentou que este processo de geração de empregos é gradual e que ainda não atingiu a maioria, mas disse que acredita que as pessoas vão sentir melhoras até o Natal.

Todos os presentes oraram pela situação do país e, em seguida, o presidente da convenção, o pastor Valter Resende de Carvalho, convidou o ministro para um almoço. Após os compromissos, Henrique Meirelles seguirá para São Paulo.

G1