Cataguasense fica exposto a pandemia de coronavírus

0
7

A crise do coronavírus apenas expôs a fragilidade estrutural de Cataguases.
As orientações são claras, as pessoas devem ficar em casa para evitar uma contaminação com o coronavírus para não aumentar uma potencial de letalidade, a recomendação é o isolamento social.

A recomendação de especialistas é que ao ficar nas filas seja mantida a distância de dois metros entre as pessoas, recomendação para evitar o contágio com o novo vírus.

Só que em Cataguases dezenas de pessoas enfrentam uma fila para retirar o benefício do FGTS por causa das enchentes. Mas, ao fazerem isso, ficam expostos à maior preocupação da saúde pública mundial, a pandemia do coronavírus.

Isso é para ser virtualmente para evitar deslocamento por um motivo de saúde, hoje em dia nós temos que ganhar tempo e ter eficiência. É preciso trabalhar para fazer as pessoas sofrerem menos nessa crise. As pessoas estão sofrendo na fila e eles são os mais vulneráveis. É preciso conciliar as coisas com canais remotos.

Com a palavra o prefeito Lobo.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorCataguases tem 11 casos suspeitos de Covid-19
Próximo artigoDecretada em SP quarentena por 15 dias
Nelson Filho é coordenador da pastoral de Comunicação do Santuário de Santa Rita de Cássia, é presidente do Partido Renovador Trabalhista Brasileiro (PRTB) em Cataguases, diretor responsável do Jornal Minas & Gerais (MTB 17.816), estudou Ciências Sociais na UFF em Niterói, Letras na FIC e Direito na SUDAMERICA.