Cataguasense é morto a tiros, após buscar dinheiro de dívida

0
2268
Cataguasense é morto
Subtenente do Exército foi executado com dois tiros na cabeça (Foto: Divulgação)

Cataguasense é morto a tiros, após buscar dinheiro de dívida. O subtenente reformado do Exército Brasileiro Maspoli Lima Farinha, cataguasense, de 50 anos, foi executado com dois tiros na cabeça, após ir buscar o dinheiro de uma dívida, numa ‘área vermelha’, na Rua João Câmara, bairro São José, zona leste de Manaus, na noite de quarta-feira (22).

Cataguasense é morto

A suspeita preliminar da equipe de investigação da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) é que o militar tenha sido vítima de uma emboscada.

Segundo investigadores da DEHS, dois suspeitos do crime já foram identificados, mas não tiveram os nomes divulgados para não atrapalhar a investigação.

O crime aconteceu por volta de 21h30, após a vítima chegar em uma picape S-10 branca, de placa NAU0J27, e estacionar na Rua João Câmara.

De acordo com os policiais civis, o subtenente da reserva tinha ido buscar a quantia de R$ 5 mil, de uma funcionária dele, e, após receber o valor, foi surpreendido por dois homens. Instantes depois, a vítima desceu do veículo e ainda chegou a discutir com a dupla, antes de ser atingida com dois tiros na cabeça, em frente a uma casa. O subtenente morreu na hora.

A equipe de investigação da DEHS informou que atua para prender os dois suspeitos, já identificados, envolvidos no crime que vitimou o subtenente do Exército.

O corpo deverá chegar em Cataguases dia 26 de maio por volta das 17h e será velado na Capela São Cristóvão e o enterro está programado para dia o 27 de maio pela manhã.

Ele, é filho da conhecida costureira Matilde Lima Farinha e irmão da empresária Magali Pinheiro

d24am.com