Casa e Rua são interditadas após estouro de cano d’água da COPASA

0
67

Dia 23 de dezembro estourou um cano da COPASA e a empresa foi condenada a pagar o aluguel do proprietário cuja casa foi interditada pela Defesa Civil e resolver o problema. A COPASA já pagou 3 meses de aluguel mas não depositou o mês de abril.
Como se não bastasse o transtorno na vida de um casal com dois filhos na véspera do Natal devido ao estouro do cano a Rua também foi interditada uma vez que a calçada afundou e o ônibus que circulava pelo itinerário não pode passar causando transtorno à todos os moradores há 4 meses. Veja a matéria na tela!